Gadget 1

Leia mais Filme - Para todos os garotos que já amei

Estreia sexta (17/08) no Netflix

Gadget 2

Leia mais Inauguração da Muji em SP, sebo e passeio pelo Sesc Paulista
Leia mais Bienal do livro de São Paulo 2018: uma experiência incrível

A vida é uma viagem, aprecie cada detalhe que encontrar pelo caminho


Nos últimos tempos eu tenho pensado muito nas coisas, sobre o que eu quero para a minha vida, as coisas que estou fazendo e para onde eu estou indo com tudo isso.

Eu sempre gostei muito de redes sociais, mas acho que ela é a responsável por eu ficar tão insatisfeita comigo mesma, sabe? Acho que muita gente também passa por isso e foi até por esse motivo que eu resolvi desativar meu facebook, todo dia era um tempo que eu perdia vendo coisas que eu não gostava e que nunca me deixava feliz. Mas o instagram é uma rede difícil de abandonar e eu tenho percebido que estou me comparando muito as outras pessoas. Eu sei e todo mundo sabe que a internet é um mundo de mentiras e que ninguém está 100% feliz. Muita gente trabalha com a imagem então aquela blogueira que está ali sempre linda, com o cabelo impecável, o passaporte carimbado e a vida feita, pode muito bem ter problemas e a vida dela não ser um mar de rosas.

Mas é aí que entra essa nossa mania de achar que a grama do vizinho é sempre mais verde. Eu vejo meninas mais novas que eu ou com a mesma idade e penso: putz! Estou aqui em casa com uma roupa velha, despenteada e tal pessoa está do outro lado do mundo, vestindo as roupas mais incríveis e parece até que saiu de uma revista. É muito fácil a gente cair nesse tipo de pensamento e é aí que entra outro lado, de ver as coisas de um jeito mais feliz.

Apesar de querer sim me sentir mais bem sucedida, fazer uma viagem, ganhar para tirar uma foto ou receber produtos antes de todo mundo, eu tenho que saber aproveitar o meu caminho. Eu tenho objetivos e vontades que muitas vezes parece que estão cada vez mais longe de acontecer, mas que uma hora vai dar certo, e eu tenho que ver como está sendo meu caminho até lá.

Tenho amigos especiais que estão do meu lado, faço passeios que por mais simples que sejam acabam sendo os mais especiais, tenho tido tempo para mim e tempo para fazer as coisas que eu gosto então por que me preocupar tanto com as coisas que ainda não aconteceram ou com aquelas meninas do instagram que estão vivendo uma vida "perfeita"?

Não é porque as coisas não estão do jeito que eu queria que eu não posso aproveitar e me sentir feliz com o que eu tenho. Eu tenho uma vida boa em relação a muita gente por aí, tenho meus livros que amo ler, tenho uma família que me apoia em tudo, conheço lugares que me fazem sentir incrível, que resgata aquela magia de pensar que eu estou viva e feliz, sabe?

Talvez não tenha feito tanto sentido esse texto, mas a mensagem que eu quero passar é: vamos aproveitar o que tem no meio do caminho enquanto não chegamos ao nosso grande destino e vamos nos permitir ser feliz com aquilo que a gente tem, com aquilo que somos. Dar um tempo e parar de se comparar tanto com as outras pessoas por que elas também tem problemas e com certeza elas também acham que ainda falta alguma coisa. Sempre vai faltar algo e que a gente consiga se sentir satisfeito e feliz com o que temos no momento. 

Acompanhe também no:

Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥ Pinterest

  1. Oi Bia, que texto lindo, parabéns! Confesso que há um tempo atrás estava me sentindo assim também inferior á outras pessoas, por esse "querer nosso" de se comparar com as pessoas. Mas é exatamente isso temos que agradecer pelo que temos, porque todos temos problemas pessoais, até mesmo as blogueirinhas de sucesso que só mostram o lado bom das coisas. É isso.. Grande beijo! :*
    www.blogdoce18.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anny!

      Yay, que bom que você gostou do texto. É verdade, a maioria só compartilha o que é bom e a gente acaba pensando que a vida de algumas são perfeitas e tudo mais...

      Excluir
  2. Esses dias escrevi um texto falando sobre isso. Pois eu me lembrei de anos passados os comparando com o hoje, e cheguei a conclusão que sempre vai faltar algo mesmo. As coisas são do jeito que deve ser. E não é porque as coisas não sai do nosso jeito que devemos nos sentir infelizes com isso. O que temos é o que no momento precisamos. E está tudo bem, o que tanto queremos iremos uma hora vamos conseguir sim.
    Sobre redes sociais: eu já desisti do facebook já faz um tempo. É tanta falsidade que eu via, que uma hora não deu mais, perdi todo aquele encantamento com a rede social que eu tinha a 5 anos atrás. - Mas o meu face continua ativado, mas não o uso.
    Eu amo instagram, mas essas coisas de mostrar que tá sempre muito belo e muito lindo em muitas contas que lá vi, me fez querer desistir. Eu só o uso mais, para ver vídeos diferentes.
    Mas em fim,
    Eu achei seu texto muito belo. E muito lindinho o seu blog ♡
    https://noitecer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Geórgia!

      É isso aí, ser feliz com o que tem sem deixar de correr atrás de algo melhor. <3

      Excluir
  3. É realmente muito comum e *cômodo* a gente ficar se comparando a outras pessoas. E acho peculiar o fato que a maioria das vezes que fazemos isso nem percebemos que estamos nos comparando! Por isso devemos ficar sempre atentas. Concordo super com o que você disse sobre saber ser feliz e se sentir satisfeita com o que temos. Não que seja necessário se acomodar e não buscar crescer, mas entender que nossa felicidade não pode depender do que TEMOS (materialmente falando) ou do que QUEREMOS conseguir, porque se for assim ela sempre sera prorrogada para depois e terá um gostinho de inalcançável!
    Amei seu texto! Me inspirou muito <3
    Blog Palavras em Meus Verões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você nessa parte de buscar sempre algo melhor. Nâo é só se acomodar e aceitar as coisas né? :D

      Excluir
  4. Oi linda!!
    Tu foi corajosa para se abrir e escrever o que sentia, Alguns anos atrás eu vivia na internet, era como se fosse uma parte de mim, e a internet se tornou algo que rouba nosso tempo nessa geração, eu falava pra Deus que não queria isso pra mim, mas de alguma forma, Ele foi me mostrando que eu não precisava fugir da internet, mas sim ser a Luz para outros que estão na internet, de alguma forma espalhar o Evangelho de uma forma diferente...
    Eu tive que mudar minha rotina em relação a rede social, blog, para viver mais a realidade, estar com pessoas que amo, porque o tempo não volta atrás...

    Beijos, que o Senhor abençoe sua semana <3
    www.mandyliine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho me afastado bastante das redes sociais. Meu namorado está sempre me incentivando para deixar de lado e tals. Mas ainda mantenho twitter e instagram para pode divulgar o blog. hihi :)

      Excluir
  5. Oi, florzinha!

    Eu acho que seu texto tem muito sentido, sim. Sempre que eu estou pra baixo, eu evito as redes sociais (principalmente o Insta), justamente pra eu não ficar me comparando com o fulano ou ciclano. Mas, às vezes, eu estou tendo um bom dia e quando começo a ver meu feed eu já me sinto um lixinho. E aí meu namorado e a minha mãe entram em cena e sempre me mostram que eu sou uma pessoa linda, que tenho grandes sonhos, que tenho bons amigos, e que estou sempre batalhando pra ser melhor em vários aspectos. Eu já cansei de passar horas e horas chorando por causa do meu corpo e da minha aparência (quando eu era mais nova, sofri bullying na escola por causa disso). Eu sei que é difícil, mas eu sempre tento refletir sobre quem eu sou e onde eu quero chegar. Imagina só como deve ser difícil pra blogueiras famosas ficarem o tempo todo a disposição das redes sociais, viajar e ficar longe da família, ter sempre que manter a boa aparência... Acho que eu sou muito mais feliz com meu pijaminha velho, meus livros e a vida que tenho, ahahah! (acho que agora o meu comentário é que ficou confuso x_x).
    Mas lembre-se sempre: você é demais e as redes sociais não definem quem uma pessoa é.

    Beijão e boa semana!
    www.procurei-em-sonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim. Deve ser difícil manter toda essa imagem e pensando assim eu prefiro mil vezes minha vidinha normal, hahahaha.

      Obrigada pelo carinho Cássia. <3

      Excluir
  6. Que texto lindo, Bia! Ele fez sentido, sim.
    Para nós, blogueiras, é difícil se distanciar das redes sociais, né? Ao mesmo tempo que precisamos saber o que está acontecendo no momento, o que está sendo lançado e tal, também acabamos absorvendo muita coisa que não agrega nada na nossa vida. Por isso fico feliz em saber que você está conseguindo filtrar bem tudo isso :)

    E é engraçado que: você já parou pra pensar que alguém pode olhar pra você e sentir que a sua grama que é a mais verde? Porque isso já aconteceu comigo em relação à você: no começo da minha vida bloguística eu parei aqui por acaso e fiquei pensando "poxa, queria tanto estar no nível dela, ter muitos posts, comentários, saber tirar foto"! Ahahaha! A gente nunca pode parar, porque não sabemos quem estamos inspirando ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fiquei super feliz com seu comentário, Luciana. Eu jamais imaginaria isso e eu sempre olhei o seu blog e pensei o mesmo. Poxa ela escreve bem, faz parcerias que tem tudo a ver com o blog e tals. Mas que legal saber que eu te inspiro de alguma forma, hahaha. E saber filtrar tudo isso é muito bom, né? A gente sempre tem algo especial então as vezes é bom a gente se olhar com o mesmo carinho que a gente olha para as outras pessoas. ♥

      Excluir
  7. Adorei o post bastante criativo
    Conheci seu blog agora adorei tudo e te sigo
    Beijos

    Por favor visite-nos e siga
    https://coisasdecrespasoficial.blogspot.com/2018/04/eu-acredito.html

    ResponderExcluir