Pin It button on image hover
11 agosto 2016

Livros de blogueiros e youtubers

(sim, tem um livro de ponta cabeça. sorry!)

Livros de blogueiros e youtubers tem se tornado uma febre aqui no Brasil e tudo isso gera muita discussão e polêmica. Como tinha e ainda tem muita gente falando sobre eles eu resolvi comprar alguns de pessoas que eu já seguia e acompanhava para ver o que eu ia achar e agora vou falar um pouco da minha experiência com eles para vocês.

O primeiro livro de blogueiro que eu li foi o "de volta aos quinze" da Bruna Vieira e achei o livro bastante fraquinho. Muita crise de adolescência e assuntos que eu já lia em muitos outros livros com essa temática. Depois comprei o segundo livro dela e confesso que foi só pelas ilustrações porque o livro continuou com a mesma temática e os mesmos assuntos que estão presentes tanto no blog quanto em praticamente todos os outros livros dela. E não é só no livro dela que esse tipo de coisa acontece. 

Os outros livros que eu tenho que são de blogueiros e youtubers não tem uma história tão profunda, alguns são interativos e outros são escritos por ghostwriters e esse é um grande problema pra mim. 

Recentemente o PC Siqueira publicou um livro mas desde o começo ele sempre falou que seria escrito por uma outra pessoas mas as ideias apresentadas seriam dele e isso foi uma coisa que eu gostei bastante. Muitos outros youtubers não escrevem os próprios livros mas também não falam que foi escrito por um ghostwriters e acho que isso perde alguns pontos comigo.

O que mais me incomoda mesmo é quase todos eles são bobinhos de um jeito que faz você imaginar que foi feito apenas para vender (o que é verdade) ou que o inscrito é de alguma maneira "burro" e aí colocam fotos, frases gigantes e páginas em branco apenas para encher linguiça e vender isso como um livro. Mas acho também que esses livros tem um lado bom que é aproximar o jovem da leitura e movimentar o mercado editorial que com toda essa crise vem sobrevivendo da venda desses novos ídolos. 

Aí vocês podem se perguntar: mas porque você tem todos esses livros se não gosta deles? Eu também assisto, acompanho e leio o blog dessas pessoas e também me interesso pelos livros deles mas nem por isso posso falar que são perfeitos. Depois de alguns livros lidos eu pude perceber que o livro é apenas mais um produto do canal e que muitas vezes o que está nele é muito diferente dos vídeos ou dos textos no blog. Mas confesso que mesmo assim tem alguns livros que estou ansiosa para ler que é o do Bruno Miranda e o da Pam Gonçalves e quando eu ler eu volto aqui para falar um pouco mais sobre eles. 

E vocês, o que acham de livros de blogueiros e youtubers?

Acompanhe também nas redes sociais:

Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob
  1. Eu também acho um tanto quanto decepcionante essa questão dos ghostwriters, quando não fica totalmente esclarecida pelos youtubers. Se você gosta do conteúdo dela, você com certeza quer ler algo escrito por ela, não é mesmo? Mas compartilho da sua opinião, essa movimentação é benéfica para o mercado e pode trazer jovens para a leitura. É uma pena que muitos não se preocupam em trazer algo realmente sólido, e não só um apanhado de besteirinhas e páginas bonitas. Beijos!
    Blog Vintee5 | Canal Vintee5

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa penso o mesmo que você em relação aos ghostwriters. Se eu compro o livro de alguém é porque eu quero ler algo escrito por ele. Tipo, mais lógico que isso impossível. HAHAHA

      Beijos!

      Excluir
  2. Oi Beatriz, tudo bem?
    Eu confesso que não me sinto inclinada a ler nenhum livros de blogueiro/youtuber, e justamente pelos motivos que você expôs. Por um lado têm esse incentivo a leitura, mas por outro fico triste que muitos escritores tenham tantas dificuldades em publicar e ter espaço em eventos literários.Mas não dá pra ser tudo perfeito né?
    abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, essa é outra questão a ser levada em conta. Eu sempre fiquei curiosa mas hoje eu já meio que perdi a empolgação com esse tipo de livro. :(

      Excluir
  3. Eu acho que assim, todo tipo de livro é válido. Porque mesmo que seja um "livro mais bobo", pode ser um passe para entrar no mundo literário. Afinal, eu comecei a ler mesmo por causa da febre de Crepúsculo. Então acho que através dessas "obras literárias" é uma forma que os blogueiros e youtubers encontram para falar com seus leitores ou interagir com eles (e de fato eles também querem ganhar dinheiro).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que os livros são válidos sim nesse sentido mas para quem já lê bastante acho que eles já não fazem mais tanto sentido. Eu pelo menos acho ta sendo sempre mais do mesmo e isso acabou ficando chato. :(

      Excluir
  4. Olha, eu não tenho nenhum livro de youtuber ou blogueiro, pelo que vejo, a maioria são bem superficiais, acho que isso acaba me afastando um pouco deles. Seria interessante ler um para que eu tenha uma experiência real com esse tipo de leitura, mas acabo não me animando muito com isso não. As ilustrações da HQ a Bruna é linda, mas cheguei a folhear na livraria e achei o tema meio "adolescente" demais para mim hahaha Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente! O quadrinho é lindo mas a história é bem fraquinha. Eu li ele todo em 5 min numa livraria e fiquei com dó de pagar tão caro por ele que nem quis levar pra casa. :/

      Beijo!

      Excluir
  5. Oi Beatriz!


    Geralmente eu não leio, não por preconceito, mas pq os temas não me chamam atenção, se chamassem até leria, pra saber como são. De qualquer forma acho justo que os créditos sejam dados pra quem de fato escreve!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. finalmente uma publicação sincera, que sinto vontade de fazer há muito tempo.
    Eu não li o livro do PC, mas não sei porque... acredito que deve ter mais conteúdo que os demais =/.. Um que eu quero ler, pq adoro a história dela é da Amanda Guimarães...

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também penso assim mas já vi algumas críticas dizendo que o livro não é tão melhor assim. E tem alguns assuntos mais punks então eu acho que não gostaria tanto assim. E o da Amanda estou começando a querer. :P

      Beijos!

      Excluir
  7. Os livros de interação da Ariane, ok. Os três primeiros livros da Bruna, ok. Agora me diz, que história de superação o Figueiredo tem? Ou a Karol?
    Enquanto tantos outros bons escritores estão a espera de uma brexinha pra publicar o livro deles... :/
    Ê Brasil.
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir
  8. Apesar de não estar mais nesse fase adolescente, sempre gosto de ler livros escritos para eles. Sempre me identifico com algo que ja passei nessa fase, na verdade, no meu caso, é uma busca por lembranças boas que eu gosto de reviver. Mas no geral fico desanimada quando o livro é escrito por outras pessoas, mesmo que o YouTube diz ter participado, acho que o livro pra ser completo tem que ser planejado todo pela pessoa que leva o nome. Aí sim, vem a parte técnica, onde vem a correção ortográfica, ilustração etc.Ate agora o livro que eu tenho de um blog é o Indiretas do bem, eu adoro esse livro. Sei que elas participaram desse projeto por completo. Adorei o post, beijos <3 http://joicyrecco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Quando eu vi que o PC lançou um livro também eu pensei:"Até tu PC", tipo meio decepcionante, porque esses livros são feitos só para ganhar mais dinheiro e se aproveitar do sucesso do canal sem apresentar um conteúdo realmente relevante. Não sei se o do PC é mais sério que os outros sei lá, não falo ideia, mas eu fiquei curiosa. Não arrisco comprar ainda, porque pretendo ler alguma resenha antes. Concordo com tudo dito hahaha

    www.livrosenerdices.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi algumas criticas e não me animei muito. Mas acho que dos outros o dele pode ser um pouco mais "sério". :P

      Excluir