Pin It button on image hover
08 outubro 2015

O lado feio do amor - Colleen Hoover


O lado feio do amor foi escrito por Colleen Hoover, publicado pela Galera Record e possui 336 páginas.

O lado feio do amor gira em torno da relação estranha que existe entre Tate e Miles. Ele é um piloto totalmente calado e complicado quando o assunto é relacionamento é ela é uma enfermeira que está tentando descobrir o que aconteceu no passado de Miles para ele não querer se relacionar com mais ninguém.

Acontece que Miles sente atração por Tate mas coloca algumas regras para que os dois tenham um relacionamento. As regras são coisas como: não se envolver sentimentalmente, não criar falsas expectativas e outras coisas do tipo. Ou seja, só sexo e nada de sentimento.

Mas os dois começam a se envolver mais do que gostariam e aí Miles vai ter de voltar ao passado para conseguir seguir em frente. A grande questão do livro é: será que ele vai conseguir superar o que passou há 6 anos atrás para começar a viver o presente?


Não pensei que fosse gostar tanto de Ugly Love mas esse livro me conquistou desde a primeira página. O que eu mais gostei do livro foi ver que os capítulos são alternados entre o agora narrado por Tate e o passado 6 anos atrás narrado por Miles. Dessa forma a gente não precisa ter um segundo livro só para saber a visão do carinha sobre a história e a gente vai acompanhando o passado de Miles e os motivos que levaram ele a ser tão quebrado, tão desolado e fechado para o amor.


Ugly Love é uma história que fala sobre como o amor é bonito enquanto está acontecendo e o quanto fica feio depois que acaba. Colleen conseguiu escrever tudo isso de jeito extremamente sensível mas sem deixar nada dramático demais. 

É um livro que eu super recomendo para quem já é fã da autora e um ótimo livro para conhecer a escrita maravilhosa da Colleen. Ah, e a boa notícia é que vai ter filme sobre o livro e eu nem preciso dizer que já estou ansiosa, né? :)

Acompanhe também no:


  1. Eu não sei, lendo a sinopse me lembrou um pouco 50 tons de cinza e Crepúsculo. Pode parecer doido, mas ultimamente acho que os romances estão todos iguais, mudam uma coisa aqui e ali, mas o miolo da história é o mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O começo também me lembrou 50 tons mas é bem diferente. Também acho que muitos livros estão ficando iguais então acabo alternando os gêneros que leio e adorei esse mesmo que ele não seja 100% original. :)

      Beijos!

      Excluir
  2. Ouvi falar tanto deste livro que tô me sentindo mal por ainda não ter lido, rs. Adorei a resenha, e essa capa é perfeita, meu deus! <3

    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. "só sexo e nada de sentimento" sabe o pior em relação a isso? É que existe muito disso por ai. Acho sei lá, tão feio. Podem me chamar do que quiserem. Mas não concordo com isso D: Mas quem sou eu pra falar o que a outra pessoa deve ou não deve fazer... Fiquei super curiosa em relação ao livro e saber qual é essa história do passado dele. E sabe, adoro quando livros viram filmes, hohoh. Minha paixão por filmes é muito maior ))): Adorei o post! Beijoos ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não concordo com isso mas foi um dos livros da autora que eu mais gostei. :D

      Excluir
  4. Eu ainda não li nada da Colleen e sei que há várias opções boas pra começar, sendo esse uma delas.
    Pelo que ouço falar, ela sabe criar histórias envolventes e isso é muito importante.
    Só vi o pessoal reclamando das folhas brancas, mas acho que quando o livro é bom, isso é só detalhe.

    Beeijo
    http://resenhandosonhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, as folhas brancas foram uma coisa chata mesmo mas quando eu comecei a ler até esqueci desse detalhe, haha. :P

      Excluir
  5. Hum acho interessante livros que alternam o passado e o presente. Fico super curiosa quando algum dos personagens possui algum segredo do passado, fico cheia de expectativas, e as vezes me decepciono um pouquinho por achar que se tratava de outra coisa rs!

    Acho que essa história acaba sendo uma história de superação também, né? Afinal, ele precisa deixar o passado para trás para seguir em frente e começar a encarar os relacionamentos de uma outra forma. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. A primeira vez que ouvi falar desse livro foi aqui, em outro post :3 Desde então me interessei. Amo histórias de ~amor~ assim. Talvez por ser psicóloga (em formação u_u suihsiuhsdu) e me interessar muito por como certos acontecimentos podem nos mudar quase completamente.
    Sua resenha me deixou com ainda mais vontade de ler. Espero encontrá-lo em promoção qualquer dia desses IUHDSUFSIUHIUFHSI sou dessas u_u
    Abraços~

    Nankin Dust

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yay, leia sim! Achei o livro bem legal e pelo jeito acho que você também vai gostar. :)

      Ah, e eu sou dessas também! Só compro livro em promoção, haha.

      Beijos!

      Excluir
  7. Olá Bia, vi o seu blog no blog da Rafaele Sampaio, e adorei!
    Amo livros mas nunca tinha visto esse, fiquei interessada ;)
    Ah eu tenho um blog se puder dar uma passada lá, ia ficar muito feliz! Beijinhos

    www.barbaramoyano.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu ainda não li nenhum livro dela, mas esses dias atras fui na livraria e vi esse livro, só não comprei porque ainda não tinha visto uma resenha sobre ele. É uma história interessante, já li muitos livros assim, de não se envolver e tal e depois ser apaixonam, é bem clichê, mas eu gosto muito ainda<33
    Beijos,
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro uma história clichê. hehe <3

      Excluir
  9. Pelo que escreveu me identifiquei com Miles! Eu já sofri tanto no passado que sempre me calei sobre esse assunto ^^

    Eu gostei da capa *_*
    Mais um pra listinha enorme de "indicações do Prateleira Colorida" hahah
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Amo ler essas resenhas, só não gosto da parte que eu me apaixono pelos livros e fico totalmente sem dinheiro porque compro quase todos hahahahaha

    Um cheiro!
    www.vinteetantos.com

    ResponderExcluir