12 janeiro 2015

Eu li: Uma canção para Jack - Celia Bryce


Uma canção para Jack foi escrito por Celia Bryce, publicado pela V&R editora e possui 206 páginas.

Me falaram que esse livro era uma mistura de a culpa é das estrelas com Eleanor & Park e então eu tive que ler. Confesso que o livro lembra a culpa é das estrelas conta a história de dois pacientes com câncer, mas é totalmente diferente.

Megan é uma menina de 13 que foi diagnosticada com câncer e acaba de ser internada no hospital para dar inicio ao tratamento. Chegando lá, ela percebe que está na ala infantil e fica se perguntando por que diabos está na ala infantil e cadê os adolescentes da idade dela?! 

Eis que surge o Jack. Jack é um menino tão alto que aparenta já ter 17 anos (na verdade é 16) e mesmo não ficando tão feliz com a presença dele, Megan fica contente por ter alguém que não seja criança junto com ela. Pelo fato dos dois terem mais ou menos a mesma idade, é possível ver com o tempo os dois vão criando uma certa conexão.


Jack está sempre sorrindo e fazendo as crianças acharem graça de suas histórias, ele é um personagem encantador e Megan aprendeu a ver o tratamento de uma forma mais otimista depois de ter conhecido o famoso Jack Dawes.

Apesar das dificuldades que é ter fazer a quimioterapia, raspar o cabelo e ficar longe dos amigos, com Jack por perto a menina pode ver que ainda existiam motivos para sorrir.


Não vi o livro como uma história de amor. Apesar de ter essa coisa da aproximação deles e as vezes rolar um climinha, acho que eles são tão crianças que não pode ser classificado como romance. As coisas aconteceram tão rápidas que eu senti falta um detalhamento melhor da história. Acho que se a autora tivesse trabalhado um pouco mais a gente teria visto um romance entre os dois.

Mas tirando isso, achei o livro muito fofo. É uma história encantadora e muito emocionante. É um livro juvenil que tem uma narrativa fácil e às vezes tão infantil que chega a ser inocente a história de Megan e Jack.

Eu gostei tanto do livro que acho que a resenha não vai ser capaz de transmitir o que eu senti lendo ele, mas deixo aqui minha super recomendação. Para quem gosta de histórias curtas, fáceis de se ler e um pouquinho de drama, esse é o livro certo.

Ah, esse foi o livro que eu escolhi para o primeiro tema do projeto jornada literária. O tema de janeiro era: dê uma chance ao novo e leia um livro de um autor que você nunca leu. :)


Acompanhe também no:


Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram 
  1. Pela sua resenha fiquei muito querendo ler, sério eu já tinha visto ele pra comprar, mas não me interessei tanto, mas com a sua resenha já entrou na minha listinha<33
    Beijinhos!
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro, e fiquei mega interessada em ler esse livro! Adoro os livros juvenis, e com um pouquinho de drama.. kkk'

    http://www.ideiastrocadas.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu lembro que fiquei interessada pelo livro por causa da capa (é tudo mto fofo) e adorei a resenha, fiquei curiosa. Vou colocá-lo na minha nova lista de livros para comprar/ler^^

    beijão

    Talita
    www.cerejarocks.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também me interessei pela capa acredita? Sou dessas que compra livro pela capa. HAHAAH
      Coloca sim, acho que você vai gostar! :D

      Beijos!

      Excluir
  4. Oi Beatris, esse livro não me chamou tanta atenção quanto esperava. Não achei a história tão enigmática ou que me fizesse sentar a bunda e ler, sem dúvidas eu compraria, antes de conhecer, pela capa. Mas agora, não sei se compraria. Vi que você gostou da história, mas atualmente estou tão lotado desses elencos que não vejo tanta graça - talvez eu deva parar um pouco e voltar mais para frente.

    Obrigado pela dica,

    Beijão (ou abração), www.setecoisas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Igor!

      Esse era um livro que eu compraria SÓ pela capa e acabei me surpreendendo com ele. Não esperava muita coisa e acabei gostando mais do que eu imaginava. Eu acho que também me canso de algumas histórias quando leio vários livros do mesmo gênero então eu te entendo, hahaha.

      Excluir