Gadget 1

Leia mais Os 27 crushes de Molly - Becky Albertalli

Gadget 2

Leia mais Inauguração da Muji em SP, sebo e passeio pelo Sesc Paulista
Leia mais Snow - Novo álbum de Angus & Julia Stone

Criei um brechó online - Make a Wish

Eu acho que todo mundo que passou pelos 20 anos deve ter tido alguma crise no meio do caminho e eu estou nos vinte e poucos me sentindo um pouco perdida. Na verdade a única coisa que me falta é ter um emprego ou algum tipo de renda extra e esses dias pensando muito no que eu podia fazer para ganhar um dinheirinho, acabei tendo a ideia de criar um brechó online.

Sempre fui do tipo de pessoa que guarda TUDO. Fotos, bilhetes, roupas que não servem mais mas que tinham alguma história ou eram especiais para mim, livros, dvds, bonequinhos e tudo que você pode imaginar. Mas chega uma hora que a gente precisa desapegar e essa é uma coisa que eu adoro fazer. Sempre separo coisas para doação, jogo coisas no lixo e essa é minha terapia. Me sinto tão mais leve e organizada depois que eu faço isso...

Então pensando em todas essas coisas que eu juntei e na possibilidade de ganhar uma graninha extra eu pensei no brechó. Eu já comprei vários desapegos pelo instagram e a experiência sempre foi boa. Inclusive, esse mês mesmo eu comprei uma saia lindinha e super nova num desses desapegos e foi isso que me fez realmente criar o meu próprio.


Tirei um final de semana e separei roupas e outras coisas para desapegar. Lavei tudo, fotografei e comecei a criar o Brechó Make a Wish. Lá vai ter um pouquinho de tudo como eu falei e são coisas que já foram muito especiais para mim e que agora merecem um novo lar e novas histórias. 

Mas além do desapego, eu queria que a pessoa que comprasse tivesse uma boa experiência e pensando nisso eu chamei meu amigo Raniery que é game developer e faz um trabalho bem legal como design para ajudar. Criamos um logo que eu achei que tem muito a ver comigo e ainda fizemos uma papelaria bem legal para que a pessoa tenha uma sensação boa em receber algo que foi embalado com carinho. Como eu sempre amei muito embalagens e coisas criativas, eu não podia fazer algo de qualquer jeito então eu realmente espero que as pessoas gostem e sejam cativadas quando receber o pacotinho com alguns mimos especiais. 

A ideia da lojinha é além de desapegar, ter uma graninha extra e uma mini viagem para Holambra que sempre foi um lugar que eu queria conhecer e esse ano vai finalmente sair da cabeça e se tornar realidade. 

Estou bem animada com essa ideia e já estou pensando nos próximos passos caso realmente dê certo. Nunca fui uma pessoa empreendedora ou algo do tipo, mas sempre tive essa vontade de fazer algo diferente. Já me falaram várias vezes para vender docinhos e mesmo amando fazer doces eu acho que esse seria um passo que eu não posso dar agora. Também já tive a ideia de vender marcadores de página de fita com pingentes, mas sempre rolou aquele medinho. O Alan (mozão) ultimamente tem me incentivado a vender makes, o que eu acho super legal e que pode dar super certo então resolvi arriscar criando esse perfil que tem um pouquinho de tudo. hihihi :)

Vou deixar aqui o link do Make a Wish e espero que vocês tenham gostado dessa novidade e já estou doida para saber o que vocês acharam. <3

Acompanhe também no:

Testei a maionese capilar da Salon Line!


Antes de começar o post eu já queria avisar que eu não tenho costume de resenhar produtos de beleza por aqui, mas é um assunto que eu estou querendo implementar aqui no blog. Falar um pouquinho sobre as coisas que eu uso e vou contar aqui minha experiência com o produto.

Eu já tinha visto a maionese e tantos outros produtos diferentões com embalagens de alimentos pelas perfumarias e sempre achava legal mas não fazia ideia para o que servia. Aí outro dia contando para minha amiga que meu cabelo estava muito seco e eu estava procurando por algum creme de hidratação, ela me indicou a maionese para fazer umectação durante a noite.

Como eu sou muito leiga no assunto de cabelos fui procurar como fazia e também comprei a maionese. A umectação para quem assim como eu também não sabe é:

É um tratamento capilar à base de óleos ou séruns que tem como objetivo repor os nutrientes — que são perdidos diariamente pelas agressões externas (poluição, poeira, raios solares), com os aparelhos elétricos que passamos nos fios ou com o tempo. O procedimento pode ser feito em qualquer tipo de cabelo, já que ajuda a fortalecer, alinhar e dar brilho à fibra capilar.

Aí chegou a hora de testar o produto e eu passei a noite num dia e tirei no outro de manhã. Passei só a maionese mecha por mecha e prendi num coque. Você pode misturar com óleos próprios para umectação e a salon line tem vários deles. Eu como não conhecia acabei comprando só a maionese mas vi que tinha pelo menos 3 opções de óleos por lá. 

Tirei no dia seguinte eu já senti o resultado no banho mesmo! O cabelo estava muito mais liso e quando secou estava macio e sem frizz. Sequei com o secador e fiz chapinha, e o cabelo ficou liso escorrido, sem frizz e muito macio.


Como eu disse, meu cabelo é bem cheio, tem muito frizz e é ondulado. Não sei dizer que tipo é ao certo, mas eu adorei o resultado da maionese. O recomendado é passar a cada 15 dias para evitar criar caspas ou deixar o cabelo pesado e eu não vejo a hora de usar outra vez. Como eu fiz luzes recentemente eu senti que ele estava um caco de quebrado e seco então acho que essa maionese vai me salvar. Eu achava que ela era recomendada só para cabelos cacheados, mas serve para vários tipos, fica a dica. 

Além dela eu estou usando a linha bomba de vitaminas e o creme de hidratação da linha festival de flores também da salon line e estou amando os produtinhos. Além de bastante cheirosos eu sinto que eles deixam meu cabelo muito mais macio. 

Essa foi minha experiência com a maionese agora quero saber se vocês já usaram ou tem algum produtinho para me indicar. ♥

Acompanhe também no:

O que rolou de mais legal no Anime Friends 2018

Essa foi minha primeira vez no Anime Friends que aconteceu em São Paulo do dia 6 a 9 de julho e eu amei. Só tinha ido no Ressaca Friends ano passado como imprensa e a experiência tinha sido muito boa, mas eu ainda queria conhecer o evento tão falado no mundo nerd e otaku.

Fui na sexta-feira com o namorado e amigos e nós usamos os ingressos gratuitos que foram disponibilizados pelas editoras de mangás. Fiquei bem curiosa para saber o real motivo dos ingressos grátis, já que eles costumam ser carinhos. Pensei que fosse pelo jogo do Brasil mas o evento estava lotado mesmo assim.


Como nós chegamos cedo deu para aproveitar bastante para tirar fotos e ver os estandes sem muito tumulto. A panini estava lá com vários mangás, inclusive os primeiros volumes de Aoharaido e a Ana do Vivendo entre Palavras que foi comigo aproveitou para dar um up na coleção dela. Eu só comprei Noragami vol. 10 mas queria muito o último volume de Ore Monogatari. Infelizmente não achei por lá, mas consegui um desconto de 20% e na sacola ainda veio um cupom de 30% para gastar na loja online.

Também fomos na NewPop e tinha volumes de mangás por 2 e 5 reais! Como eu já completei todos da editora, não comprei nada por lá. Nem na JBC que também estava com estande mas você que pedia e eles buscavam o mangá no estoque. Achei meio chato esse sistema deles porque muitas vezes eu acabo comprando algum livro/mangá não pela história e sim pela capa. 

Mas uma coisa que eu comprei totalmente as cegas foi a caixa especial do Nerd ao Cubo que estava lá com um estande cheio de caixinhas surpresas para você comprar. O Alan e Ana compraram um cubo com uma camiseta+bottom+tag de mala e um par de ingressos para o cinema por apenas 40 reais e eu achei o preço tão bom que ia levar uma igual. Mas o mozão acabou me convencendo a trazer a versão exclusiva do AF que tinha camiseta+bottom+tag de mala+caneca+mangá+boné pokémon+revista e de brinde uma pelúcia do Yoshi por 100 reais. 

Como eu vivia sonhando com uma caixa dessas eu fiquei super feliz e ainda vieram itens muito fofinhos. <3


 Outra coisinha que eu amei muito foram os estandes de aristas independentes. Eu sempre acompanhei muita gente que desenha nas redes sociais e vi muitos deles por lá expondo seus produtinhos. Comprei alguns bottons com mensagem engraçadinhas, um chaveiro muito fofo e ainda ganhei um adesivo 100% jesus bem a cara da copa. Queria ter trazido muito mais coisa porque tinha adesivos, posteres, quadrinhos, outros chaveirinhos e várias outras coisas que eu amo e se tivesse mais dinheiro teria trazido tudo, hahaha.






No geral eu achei o evento muito melhor que o Ressaca, num espaço maior e com mais atrações. Bastante lojinhas de camisetas, doces japoneses, maid café (que eu tava doida para ir) e cosplays bem caprichados. Tinha também uma parte com a escola de Magia e muitos itens do universo HP que deve ter enlouquecido os fãs.

Agora já estou ansiosa para o ano que vem. 

Acompanhe também no: